:: Editorial

Bom augúrio para 2017

Eli Kattan
Presidente

Podem dizer que sou muito otimista, mas vejo 2017 como o início de uma nova era para nosso país. É verdade que, em 2016, aconteceu o que se costuma denominar “tempestade perfeita”, marcada pelos infindáveis escândalos de corrupção, impeachment presidencial, desemprego sem precedente e queda vertiginosa da atividade econômica, só para focar no âmbito interno. O cenário externo contribuiu para aumentar ainda mais as incertezas, com os movimentos separatistas (e.g. Brexit), ameaças à globalização e aumento do protecionismo. No entanto, talvez como consequência da adversidade nunca antes vivida, nosso país, esse gigante adormecido, “deitado eternamente em berço esplêndido” começa a se mexer e a despertar. A classe média, que durante as duas últimas décadas, manteve uma atitude muito tímida ou indiferente, começa a se interessar e a se envolver com a vida pública, lutando para moralizar as instituições falidas e para defender e fortalecer aquelas que funcionam. Esse movimento pode levar alguns anos para ganhar empuxo, mas não tem volta.

A classe empresarial brasileira está levando um tempo maior para reagir. O clima de desconfiança ainda está muito presente. No entanto, sabemos que é nos períodos de graves crises que os bons devem mostrar coragem e competência, buscando não apenas a sobrevivência, mas o crescimento e a excelência de seus negócios.

A indústria de ráfia, como é conhecida a indústria de fibras poliolefínicas, também enfrentou dificuldades em 2016, pois até mesmo o agronegócio, seu principal cliente, teve queda no nível de produção e exportação. Felizmente, pudemos manter os empregos e continuar produzindo e atendendo os nossos mercados. Para tanto, a indústria de ráfia contou com o apoio e a atuação da AFIPOL, promovendo integração da indústria com os demais elos da cadeia do plástico, no que se refere à matéria-prima e da cadeia têxtil, no que se refere ao produto final: o tecido e as embalagens de ráfia. Procuramos também estreitar ainda mais nosso relacionamento com o agronegócio, promovendo reuniões e participando de importantes feiras e congressos.

E para 2017 nossa previsão é que será o ano do começo da virada rumo ao crescimento econômico e social do nosso país, e a AFIPOL já está se preparando para fazer parte desse movimento.

Boas Festas e Feliz 2017!

   

Eli Kattan
Presidente

Show de humor abrilhanta festa de confraternização da AFIPOL

Num ambiente de descontração, marcado por um show de humor, empresários e lideres de associações ligadas às cadeias têxtil, do plástico e do agronegócio estiveram presentes ao Jantar de Confraternização da AFIPOL, realizado no dia 01 de dezembro, no Terraço Itália, em São Paulo.

Veja as fotos

AFIPOL – Associação Brasileira dos Produtores  
de Fibras Poliolefínicas

Rua Marquês de Itu, 968 – Vila Buarque – Centro
CEP 01223-000 – São Paulo – SP
Tels. (11) 3253-7232, 3251-2707 – Fax (11) 3251-2886

   

 

Acesso à área restrita

login

senha

Manual FIBCs 2013 Manual Prático de Cordas
 

Principais Fornecedores

Esses são os principais fornecedores de matérias-primas e equipamentos do segmento. Para conhecer o site de cada um deles, clique sobre o logo.





 

 

 

  webdesign